Prefeitura lança programa de distribuição de gratuidades para espetáculos realizados em teatros do município

Do Rio Encena

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

O Parque das Ruínas, a Cidade das Artes e o Planetário da Gávea estão no programa Fotos: Divulgação

A Prefeitura do Rio de Janeiro, através da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), lançou nesta segunda-feira (22) o programa Cadeira Cativa, que prevê uma distribuição mensal de cerca de 2 mil ingressos gratuitos para eventos culturais realizados em equipamentos do município. Com o objetivo de democratizar o acesso às artes e formar futuros consumidores da cultura, o projeto vai beneficiar pessoas de baixa renda, projetos sociais, ONGs, universidades e escolas públicas.

No caso do teatro, as gratuidades a serem distribuídas serão para espetáculos que estiverem sendo apresentados nas seguintes salas: Planetário da Gávea (Teatro Municipal Maria Clara Machado), Parque das Ruínas e Cidade das Artes (que conta com oito palcos). Outros espaços culturais também farão parte do programa, como o Museu do Amanhã, por exemplo, além de ações patrocinadas pela SMC.

Mariana Ribas, secretária municipal de cultura

— A Prefeitura está cumprindo um papel importante com esse programa: o de proporcionar o acesso à cultura para quem tem menos condições. Ao mesmo tempo em que estamos promovendo a cidadania e a inclusão social, estamos formando espectadores que, no futuro, continuarão frequentando teatros, museus e centros culturais. Hoje todos os grandes espetáculos que estão em cartaz no Rio têm alguma participação da Prefeitura, seja porque estão em cartaz em nossa rede de equipamentos culturais, seja porque contam com o patrocínio da Secretaria Municipal de Cultura seja com patrocínio ou com apresentação em nossos equipamentos. Estamos oferecendo o que há de melhor na atual programação carioca — acrescenta a Secretária Municipal de Cultura Mariana Ribas.

O mecanismo do programa assim: os responsáveis das instituições interessadas devem faz o cadastro no site da prefeitura (clique aqui para acessar). Após esta etapa, as organizações passarão a receber por e-mail uma programação com os eventos compatíveis com o perfil indicado no cadastro. Em seguida, esse representante envia para a SMC uma lista com os nomes das pessoas contempladas, que poderão retirar as gratuidades na bilheteria.

Em caráter experimental desde abril, o programa Cadeira Cativa distribuiu mais de quatro mil ingressos para instituições como Ballet Manguinhos, Ligação Cultural, Projeto Arte e Dança Raízes da Vila e Instituto Mangueira do Futuro.

PUBLICIDADE