Musical ‘Tardes Espanholas’ passeia pela cultura latino-americana em curta temporada na Casa Julieta de Serpa

Do Rio Encena

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

O espetáculo é embalado apenas por músicas cantadas em espanhol Foto: José Renato Antunes/Divulgação

Com texto e direção de Carlos Alberto Serpa, presidente da Fundação Cesgranrio e grande entusiasta da cultura no Rio de Janeiro, o espetáculo “Tardes Espanholas” estreia na Casa de Arte e Cultura Julieta de Serpa, no Flamengo, enaltecendo a cultura da America Latina e da Espanha através da dança e da música. A curta temporada começa nessa sexta-feira (13), às 16h, e vai até 12 de abril, com sessões de quarta a domingo, sempre no mesmo horário.

Com um elenco formado por nove atores/cantores/bailarinos acompanhados por seis músicos, o musical retrata o trabalho de dois produtores de teatro na tentativa de traduzir a essência da língua espanhola num espetáculo educativo sobre este idioma falado na maioria dos países latino-americanos. Ao longo desta jornada, a dupla passeia pela cultura do continente e também da Espanha – colonizadora da maior parte das nações por aqui – e acaba apresentando números musicais carregados de latinidade, com fervor e paixão.

No repertório do espetáculo, que tem direção musical de Cyrano Sales e direção de movimento de Soraya Bastos, estão músicas cantadas em espanhol que se tornaram clássicos na voz de artistas representantes da língua. Por exemplo, “La Violeteira” de Sara Montiel; “La Niña De Fuego” de Buika; “Solamente Una Vez” de Luis Miguel; “Besame Mucho” de Andrea Bocelli; “Baila Me”, “Bamboleo” e “Vamos a Bailar” de Gipsy Kings; “Granada”, de Plácido Domingo.

Chá

Além da apresentação da peça, o ingresso no valor de R$ 140 dá direito também ao tradicional chá que é servido nos eventos na Casa Julieta de Serpa. No menu, estão pães, bolos, frios, sanduíches, mini panetones e rabanadas, croquetes, empadinhas, geleias, biscoitos, doces e bebidas.

PUBLICIDADE