Mais uma chance: premiado ‘Tom na Fazenda’ faz sessões a preços populares em Duque de Caxias e Jacarepaguá

Do Rio Encena

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Gustavo Vaz (E), Armando Babaioff e Kelzy Ecard em cena de “Tom na Fazenda” Foto: José Limongi/Divulgação

Desde que estreou em março de 2017, “Tom na Fazenda” não parou de acumular quilometragem. Multipremiada, a versão de Armando Babaioff para o original “Tom à la Farme” do canadense Michel Marc Bouchard, já se esteve em diversos palcos da capital fluminense (Flamengo, Centro, Bangu…); rodou por diferentes regiões do estado, como a Serrana (Nova Friburgo) e a Metropolitana (Niterói e São Gonçalo), além da Baixada (Nova Iguaçu e São João de Meriti), regiões; chegou a romper até as fronteiras do estado, indo a São Paulo. Já nesse fim de semana, dando sequência à peregrinação, a montagem dirigida por Rodrigo Portella chega a mais dois palcos.

Assistida por mais de 20 mil pessoas em cerca de 180 apresentações, o espetáculo, traduzido pelo próprio Babaioff, será encenado nessa sexta-feira (17), às 20h, no Teatro Firjan Sesi de Duque de Caxias, e no sábado (18), no mesmo horário, no Firjan Sesi de Jacarepaguá. Ambas as sessões contam com ingressos a preços populares: R$ 22 (inteira) e R$ 11 (meia).

Além de Babaioff, o elenco conta ainda com Kelzy Ecard, Gustavo Vaz e Camila Nhary. No palco, eles apresentam a trama que começa com Tom, um jovem arquiteto da cidade grande, a caminho da fazenda da família de seu ex-companheiro, onde pretende assistir ao velório dele. Ao chegar, entretanto, percebe que a mãe do rapaz não sabe que o filho era gay e, consequentemente, que mantinha um relacionamento com o forasteiro.

Já incomodado com a situação, Tom sente a atmosfera do lugar ficar cada vez mais hostil, muito por conta das atitudes violentas e intimidadoras de Francis, irmão do falecido, que promete não medir esforços para impedir que a mãe descubra a sexualidade do falecido.

Em 2018, ano em que recebeu inúmeras indicações em três das principais premiações do teatro carioca, “Tom na Fazenda” saiu vencedor em seis oportunidades. Faturou o Prêmio Aptr (Associação dos Produtores de Teatro do Rio de Janeiro) de Melhor Espetáculo; o Prêmio Shell de Melhor Direção e Melhor Ator (Vaz); o Prêmio Cesgranrio de Melhor Cenografia (Aurora dos Campos), Melhor Ator (Babaioff e Vaz) e Melhor Direção.

SERVIÇO

Local: Teatro Sesi Firjan Duque de Caxias
Endereço: Rua Arthur Neiva, 100 – Circular/Duque de Caxias.
Telefone: (21) 3672 8341
Sessão: Sexta (17) às 20h
Capacidade: 220 lugares

Local: Teatro Sesi Firjan Jacarepaguá
Endereço:
Avenida Geremário Dantas, 940 – Freguesia.
Telefone:

Sessão:
Sábado (18) às 20h
Capacidade:
322 lugares

Elenco: Armando Babaioff, Kelzy Ecard, Gustavo Vaz e Camila Nhary
Direção: Rodrigo Portella
Texto: Michel Marc Bouchard (tradução de Armando Babaioff)
Classificação: 18 anos
Entrada: R$ 22 (inteira); R$ 11 (meia)
Gênero: Drama
Duração: 120 lugares

* Segundo informações do teatro e/ou da produção do espetáculo

PUBLICIDADE