Espetáculo de palhaçaria estreia no Centro falando sobre comportamento humano em situações de desvantagem

Do Rio Encena

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

Cássio Duque (E) e Akauã Santos interpretam os palhaços competitivos da peça Foto: Joselia Frasão;Divulgação

A Inepta Cia. estreia nesta semana seu mais novo espetáculo que promete remeter muita gente aos tempos do cinema mudo. Mistura de palhaçaria e narrativa física, “2 Homens e 1 Dinheiro” chega ao Teatro Municipal Gonzaguinha, no Centro, na sexta-feira (09), às 19h, sem precisar usar uma única palavra, apenas movimentos corporais, para propor uma reflexão sobre o quão sádico e irracional o ser humano pode se mostrar quando posto numa situação de desvantagem e/ou competitividade.

Dirigidos por Filipe Codeço, os atores e palhaços Akauã Santos e Cássio Duque interpretam dois sujeitos que se conhecem num ponto de ônibus. Enquanto aguardam a condução chegar, eles se envolvem em situações tipicamente da palhaçaria, até que, inesperadamente, se tocam de que restou apenas a quantia para uma única passagem. Ou seja, um seguirá de ônibus e o outro, a pé. Assim, começa a competição.

Criado a partir de jogos e exercícios de improvisação, “2 Homens e 1 Dinheiro” teve como principais referências o grupo espanhol “El Tricicle”, o personagem de sucesso Mr. Bean criado pelo comediante inglês Rowan Atkinson e o espetáculo “De Malas Prontas”, da Cia. Pé de Vento de Teatro. Já do cinema, a grande inspiração foi o filme argentino “Relatos Selvagens” (2014), no qual as pessoas se deixam levar por seus instintos mais primitivos quando se deparam com situações de embate social. Algumas relações conflituosas as levam às últimas consequências.

Outras referências ao cinema são as músicas da trilha original que costura a trama. Em uma das cenas, por exemplo, o espetáculo faz alusão à cena do chuveiro do filme “Psicose”, de Alfred Hitchcock.

PUBLICIDADE