Comédia chega ao Teatro Prudential ironizando amor e desejos nos tempos contemporâneos

Do Rio Encena

A comédia aposta em situações exageradas para fazer rir Foto: Cícero Rodrigues/Divulgação

Dois casais totalmente diferentes em cena e um único objetivo: fazer rir. É esta receita que aguarda o público de “Amor é Química”, comédia que estreia nesta quinta-feira (17), às 20h, no Teatro Prudential, na Glória, ironizando o amor e o desejo nos tempos de hoje, em que tudo pode ser programado e quantificado, embora ainda seja possível se arriscar em nome de novos caminhos.

Sem estereótipos, como a mulher que reclama e o homem canalha, o texto escrito por David França Mendes e Maria Clara Mattos aposta num exagero deliberado para provocar risos naqueles espectadores que possam vir a se identificar com as situações apresentadas em cena.

Dirigido por outra dupla, Oscar Francisco e Giulia Grandis, o elenco formado pelos atores Carol Cezar, Fernanda Heras, Ricardo Vianna e Thiago Mello interpreta os casais Carlito e Bárbara, e Juan e Simone. O primeiro vive feliz num casamento nada convencional. Já o segundo é amargo e competitivo. Os caminhos deles se cruzam quando Carlito passa a ser paciente da psiquiatra Simone, e Bárbara começa a frequentar o consultório do psicanalista Juan.

“Amor é Química” segue em cartaz até 15 de dezembro, com apresentações também sextas e sábados no mesmo horário das 20h e domingos, às 19h30. As entradas vão de R$ 35 (meia) a R$ 80 (inteira).

PUBLICIDADE