VI Prêmio Botequim Cultural: conheça os indicados do segundo semestre

Do Rio Encena

Os vencedores vão receber uma estatueta de bronze de Dom Quixote criada por Edgar Duvivier Foto: Divulgação

A lista de indicados do segundo semestre da sexta edição do Prêmio Botequim Cultural de Teatro foi divulgada na noite da última segunda-feira (08). Definida por um júri formado por Zé Helou, Gilberto Bartholo, Wager Correa de Araújo e Renato Mello (idealizador da premiação), a relação tem 24 espetáculos mencionados, entre adultas e infantis, nas 22 categorias.

Entre as peças voltadas para o público adulto, “Suassuna – O Auto do Reino do Sol”, da Cia. Barca dos Corações Partidos, foi o grande destaque com sete indicações. Já na disputa infantil – muito valorizada pela premiação, aliás – “Makuru – Um Musical de Ninar” foi o mais citado, com cinco no total.

A partir do dia 15, começa a etapa do voto popular, que vai definir quais espetáculos apresentados em 2017 serão agraciados com as estátuas de bronze de Dom Quixote criadas por Gregório Duvivier.

Confira abaixo a lista completa de indicados do segundo semestre:

DRAMA/COMÉDIA

Melhor Espetáculo
“Luis Antonio – Gabriela”
“Pagliacci”
“Um Bonde Chamado Desejo”

Melhor Direção
Kiko Mascarenhas por “O Jornal – The Rolling Stone”
Nelson Baskerville por “Luis Antonio – Gabriela”
Rafael Gomes por “Um Bonde Chamado Desejo”

Melhor Autor(Original/Adaptado)
Julia Spadaccini por “Euforia”
Luís Alberto de Abreu por “Pagliacci”
Otavio Martins por “Pressa”

Melhor Ator
Fernando Sampaio por “Pagliacci”
Michel Blois por “Euforia”
Ricardo Kosovski por “Tripas”

Melhor Atriz
Guida Vianna por “Agosto”
Helena Varvaki po “O Princípio de Arquimedes”
Maria Luísa Mendonça por “Um Bonde Chamado Desejo”
.

TEATRO MUSICAL
Melhor Espetáculo
“Dançando do Escuro”
“[nome do espetáculo]”
“Suassuna – O Auto do Reino do Sol”

Melhor Direção
Dani Barros por “Dançando no Escuro”
Luiz Carlos Vasconcellos por “Suassuna – O Auto do Reino do Sol”
Tauã Delmiro por “[nome do espetáculo]”

Melhor Autor(Original/Adaptado)
Ana Velloso/Andréia Fernandes por “Kid Morengueira”
Braulio Tavares por “Suassuna – O Auto do Reino do Sol”
Gustavo Gasparani por “Zeca Pagodinho”

Melhor Ator
Adrén Alvez por “Suassuna – O Auto do Reino do Sol”
Édio Nunes por “Kid Morengueira”
Junio Duarte por “[nome do espetáculo]”

Melhor Atriz
Ingrid Klug por “[nome do espetáculo]”
Juliane Bodini por (Dançando no Escuro”
Rebeca Jamir por “Suassuna – O Auto do Reino do Sol”
.
TEATRO INFANTOJUVENIL
Melhor Espetáculo
“Bituca – Milton Nascimento Para Crianças”
“João o Alfaiate, um Herói Inusitado”
“Makuru” – um Musical de Ninar

Melhor Direção
Alvaro Assad por “João o Alfaiate, um Herói Inusitado”
Diego Morais por “Bituca – Milton Nascimento Para Crianças”
José Mauro Brant por “Makuru – Um Musical de Ninar”

Melhor Autor(Original/Adaptado)
Gabriel Naegele por “Sakurá”
José Mauro Brant “Makuru – Um Musical de Ninar”
Pedro Henrique Lopes por “Bituca – Milton Nascimento Para Crianças”

Melhor Ator
Alvaro Assad por “João o Alfaiate, um Herói Inusitado”
Caio Passos por “A História das Histórias”
Márcio Moura por “João o Alfaiate, um Herói Inusitado”

Melhor Atriz
Aline Carrocino por “Bituca – Milton Nascimento Para Crianças”
Bebel Ribeiro por “Cinderela lá lá lá”
Ester Elias por “Makuru – Um musical de Ninar”
.
ATOR/ATRIZ EM PAPEL COADJUVANTE(sem distinção de segmento)
Ator em Papel Coadjuvante
Erom Cordeiro por “Fauna”
Fernando Paz por “Pagliacci”
Lucas Gouvêa por “Dançando no Escuro”

Atriz em Papel Coadjuvante
Carla Candiotto por “Pagliacci”
Stella Freitas por “Esses Fantasmas”
Suzana Nascimento por “Dançando no Escuro”
.
CATEGORIAS TÉCNICAS(sem distinção de segmento)
Direção Musical
Chico César, Beto Lemos e Alfredo Del Penho por “Suassuna – O Auto do Reino do Sol”
Marcelo Alonso Neves por “Dançando no Escuro”
Tim Rescala por “Makuru – Um Musical de Ninar”

Cenografia
André Cortez por “Um Bonde Chamado Desejo”
Carla Berri e Paulo de Moraes por “Hamlet”
Marcos Felipe e Nelson Baskerville por “Luis Antonio – Gabriela”

Figurino
Camila Murano por “Luis Antonio – Gabriela”
Heloísa Stocker e Kika Lopes por “Suassuna – O Auto do Reino do Sol”
Inês Sakay por “Pagliacci”

Iluminação
Marcos Felipe e Nelson Baskerville por “Luis Antonio – Gabriela”
Paulo Cesar Medeiros por “O Jornal – The Rolling Stone”
Renato Machado por “Guanabara Canibal”

PRÊMIO ESPECIAL(Artista ou manifestação relevante ao cenário teatral carioca)
Andrea Alves e Maria Siman, pela resistência/coragem em tempos atuais em produzir um espetáculo com 11 grandes atores em “Agosto”

Camila Amado, pela sua trajetória de décadas como atriz e preparadora de atores

Companhia Atores de Laura, pelos 25 anos de trajetória

PUBLICIDADE