‘Tem Alguém aí?’ estreia no Sesc Tijuca debatendo as relações contemporâneas em tempos de redes sociais

Do Rio Encena

Elisa Ottoni interpreta a jovem Estela e também assina o texto ao lado de Tomás Braune Foto: Divulgação

Um mundo encantado, onde tudo são flores e todos os dias são felizes. Esta é a impressão de suas vidas que muitas pessoas gostam de transmitir nas redes sociais. E com uma das protagonistas de “Tem Alguém aí?”, espetáculo que estreia no Sesc Tjuca nessa sexta-feira (12), às 19h, a situação é a mesma. Uma mãe que negligencia a própria filha enquanto “ostenta” uma falsa alegria na Internet.

Com um humor ácido, a peça, escrita pela dupla Tomás Braune e Elisa Ottoni, recorre ao artifício do exagero para falar de forma direta sobre os exageros, as falhas e as dificuldades presentes nas relações humanas de hoje em dia, em que se parece cada vez mais difícil interagir com quem está ao lado.

Para que mãe e filha se deem conta uma da outra dentro da mesma casa, um meteoro cai no meio da sala de estar. Esta é a deixa para que a matriarca, que sonha com um sucesso financeiro através das redes, e a pré-adolescente, que vive isolada em seu mundinho particular, se aproximem.

— Mãe e filha dividem o mesmo teto mas não o mesmo tempo. A peça começa com um tipo de falha de comunicação e em seu decorrer se abrange para outras possibilidades. A metáfora dá conta de alguns tipos de relações que podem ser reconhecidas em pequenas ou grandes escalas pelo público — analisa Elisa Ottoni que, além de assinar o texto, interpreta a jovem Estela, dividindo o palco com Jojo Rodrigues.

Dirigido por Bernardo Lorga, “Tem Alguém aí?” segue em cartaz somente até próximo dia 05, com sessões também sábados e domingos, no mesmo horário das 19h, e ingressos entre R$ 7,50 e R$ 30.

PUBLICIDADE