Teatro Nelson Rodrigues reabre com espetáculo de balé após ficar fechado por mais de quatro anos

Do Rio Encena

O teatro fica dentro de um prédio localizado na Avenida República do Chile, no Centro

Após a reabertura do antigo Teatro do Jockey, agora XP Investimentos, no último fim de semana, o circuito teatral do Rio de Janeiro, em plena crise, está prestes a contar novamente com outra importante sala. Fechado desde março de 2013, o Teatro Nelson Rodrigues, no Centro, vai retomar suas atividades já no próximo dia 25, com apresentações únicas de “Grande Suíte do Ballet Don Quixote”, encenada pela Escola do Teatro Bolshoi no Brasil. Confira o serviço completo do espetáculo no fim da página.

Com capacidade para 409 pessoas, o Teatro Nelson Rodrigues está reabrindo após um processo de licitação, vencido pela empresa Telem, para as reformas do espaço. Entre as melhorias, estão a instalação de dois elevadores para o acesso de pessoas com necessidades especiais aos três pavimentos; reforma nos camarins dos artistas; modernização da parte mecânica/cênica e do sistema de iluminação, com instalação de 16 varas automatizadas, projetores, infraestruturas elétricas; melhorias no sistemas de climatização; e restauração das obras artísticas que emolduram o edifício.

Foram realizadas diversas melhorias, como nas partes mecânica, elétrica e de climatização

Sobre as próximas atrações, após o espetáculo de balé, a assessoria de imprensa da Caixa Cultural, à qual pertence o equipamento, afirma que novas pautas já estão sendo negociadas, para serem divulgadas em breve.

-Entregamos um teatro moderno à população do Rio de Janeiro e do Brasil como mais uma opção de entretenimento, lazer e cultura. Temos muitos eventos programados e muitas novidades virão para o Teatro da Caixa Nelson Rodrigues – promete Gilberto Occhi, presidente da Caixa.

Localizado num prédio cercado por jardins, espelhos d’água e passarelas na Avenida República do Chile, nº230, a sala foi inaugurada em 1976 como teatro do antigo Banco Nacional da Habitação (BNH). Para a abertura, foi escolhida uma montagem de “Vestido de Noiva”, de Nelson Rodrigues (1912-1980). Já em 1984, o espaço recebeu o nome atual para homenagear o dramaturgo. Cinco anos depois, começou a ficar sob a administração da Caixa, após a extinção do BNH.

A capacidade da sala foi ampliada para 409 lugares, sendo 08 para cadeirantes Fotos: Divulgação

O espetáculo

“Grande Suíte do Ballet Don Quixote” é uma versão adaptada para o balé da obra mais famosa do espanhol Miguel de Cervantes (1547-1616). Coreografada pelo bailarino e coreógrafo russo Vladimir Vasiliev, eleito “bailarino do século” pela UNESCO, o espetáculo reúne 84 bailarinos da única filial do Teatro Bolshoi, localizada em Joinville (SC). No palco, eles apresentam uma história que mistura amor, heroísmo e ilusão, sempre com traços hispânicos.

Obrigada por seu pai a se casar com Gamach, Kitri tenta ficar com Basílio, seu verdadeiro amor. Para isso, conta com a ajuda do nobre cavalheiro Don Quixote e Sancho Panza, seu fiel escudeiro, que conseguem unir o casal numa grande festa em Barcelona.

O espetáculo é baseado na obra do espanhol Cervantes e conta com 85 bailarinos

SERVIÇO

“Grande Suíte do Ballet Don Quixote”

Local: Teatro da Caixa Nelson Rodrigues
Endereço: Avenida República do Chile, 230 – Centro.
Telefone: (21) 3980-3815
Sessões: Sexta (25) às 20h30; sábado (26) às 17h e às 20h30
Coreografia: Vladimir Vasiliev
Classificação: Livre
Entrada: Plateia: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia); Balcão: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia) (*além dos casos previstos em lei, clientes CAIXA pagam meia)
Funcionamento da bilheteria: Terça-feira a domingo, das 13h às 20h (As vendas iniciam na quinta, dia 17)
Gênero: Balé
Duração: 90 minutos
Capacidade: 409 lugares (oito para cadeirantes)

* Segundo informações do teatro e/ou da produção do espetáculo

PUBLICIDADE