Rio de Janeiro classifica nove textos para o ciclo final de leituras do concurso Seleção Brasil em Cena

Do Rio Encena

A sétima edição do projeto recebeu cerca de 265 textos de 13 estados (Divulgação)

A sétima edição do projeto recebeu cerca de 265 textos de 13 estados (Divulgação)

O Rio de Janeiro será maioria esmagadora no ciclo final de leituras dramatizadas do concurso nacional de dramaturgia Seleção Brasil Em Cena, que será realizado entre 21 de novembro e 06 de dezembro. Na última quinta-feira (22/10), a organização do evento, que chega à sétima edição, divulgou os 12 textos classificados, dos quais nove são cariocas. Desta competição, sairão três vencedores que terão como prêmio suas montagens patrocinadas pelo Banco do Brasil.

Até chegar ao grupo de 12 finalistas, os nove textos do Rio, além de um da Bahia e dois de São Paulo, precisaram superar cerca de 265 concorrentes de 13 estados brasileiros que foram inscritos, entre agosto e setembro, no projeto, cujo objetivo é fomentar a criação de obras inéditas de novos dramaturgos.

No ciclo final, as leituras serão realizadas com estudantes de teatro em três unidades do Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB): Rio, Brasília e Belo Horizonte. Os três vencedores serão eleitos, no dia 06 de dezembro, por meio do voto dos diretores e do público. Veja abaixo a relação com os 12 finalistas:

– A tropa (Gustavo Pinheiro/Tragicomédia/RJ)

– Algum lugar onde nunca estive (Bernardo Florim/Drama/RJ)

– Com as mãos vazias (Edih Longo/Drama/SP)

– De amores (Aline Macedo/Drama/RJ)

– Elas (João Rodrigo Ostrower/Híbrido/SP)

– Maioridade (Flávio Goldman/Híbrido/RJ)

– Mandíbula (Roberval Tamanho/Drama/RJ)

– Na real (Rogério Corrêa/Drama/RJ)

– Princípios transgredíveis para amores precários (Thales Paradela/Drama/RJ)

– Projeto Stockton (Caroline Rainatto/Drama/RJ)

– Sobre cordeiros, navalhas e dentes-de-leão (André Luis Silva/Drama/BA)

– Um caminho para Sara (Thales Paradela/RJ).

PUBLICIDADE