Protagonizada por artistas trans, comédia ‘Uma Linda Kuaze Mulher’ chega ao Teatro dos Grandes Atores

Do Rio Encena

Julia Bernardes (E) volta aos palcos, enquanto Tereza Brant faz sua estreia Foto: Divulgação

“Uma Linda KuaZe Mulher”, como toda comédia romântica, conta uma história de amor, porém, com um detalhe que a difere das demais. Para a temporada no Teatro dos Grandes Atores, na Barra, que começa nessa sexta-feira (19), às 23h, o espetáculo reúne dois trans para interpretar o casal de protagonistas. Em cena, a transexual Julia Bernardes, que atua na peça desde suas primeiras versões e está de volta após realizar cirurgia para mudança de sexo, contracena com o transgênero Tereza Brant, celebridade da Internet estreante nos palcos, que recentemente foi consultor da autora Glória Perez para a concepção de Ivana, personagem trans na novela “A Força do Querer”, da TV Globo.

Segundo a produção, a montagem, uma paródia do filme “Uma Linda Mulher” (1990), é a primeira nos teatros brasileiros a ter como casal de protagonistas dois artistas trans. Com texto de Neilton Neves e direção de Mario Cardona, “Uma Linda KuaZe Mulher” narra a história de Ricardo Geraldo (Tereza), um cobrador de ônibus apaixonado por Júlia Roberta (Júlia), uma empregada doméstica que tem a patroa, rica e famosa, como fonte de inspiração. De olho num futuro melhor, ela se inscreve num concurso milionário, mas o que consegue mesmo é se envolver numa trama cheia de reviravoltas.

Apesar da galhofa, com direito a sátira até aos nomes dos atores do longa-metragem, o espetáculo aborda assuntos sérios e em evidência na sociedade atual, como os preconceitos racial e social, a homofobia, a conscientização para a prevenção de doenças e as relações entre patroas e domésticas.

Ainda de acordo com a produção, a peça acumulou cerca de 500 mil espectadores nos 15 anos em que ficou em cartaz no Maranhão, onde estreou em 1999. Já no Rio de Janeiro, reuniu um público acima das 100 mil pessoas nos cinco anos em que esteve rodando por diversos teatros do estado.