Prêmio Zilka Salaberry: “A Gaiola” e “Tão Tão” dominam a 11ª edição

Do Rio Encena

“Tão Tão” e “A Gaiola” foram os espetáculos mais premiados na 11ª edição do Zilka Sallaberry Fotos: Divulgação

O Centro de Pesquisa e Estudo do Teatro Infantil (Cepetin) realizou na noite desta quinta-feira (10), no Teatro Municipal de Niterói, a cerimônia de entrega do Prêmio Zilka Sallaberry de Teatro Infantil, que consagrou os melhores espetáculos de 2016. Nesta XI edição, os destaques foram as montagens de “A Gaiola” e “Tão Tão”, que venceram em três categorias, cada. O corpo de jurados da premiação foi formado por Augusto Nazareth, Claudia Valli, Diego Molina, Fabiana Valor, Leonardo Simões, Marcos Acher e Zé Helou.

Sobre uma história lúdica de amor entre uma menina e um pássaro, “A Gaiola” ficou com os prêmios de melhor espetáculo no Rio de Janeiro – o Zilka Sallaberry elege separadamente os melhores do Rio e de Niterói -; melhor direção para Duda Maia; e melhor cenário para João Modé. Já “Tão Tão”, inspirado no mito grego de Narciso, ficou como melhor texto para Pedro Kosovski, que estreou no teatro infantil com essa peça; melhor atriz para Julia Stockler; e melhor figurino para Lídia Kosovski.

A Homenagem Especial desta edição foi para a atriz Suely Franco pelo “apoio incondicional ao Prêmio Zilka, desde o lançamento até a décima edição,somando seu prestígio ao prêmio e ao teatro para crianças”. Confira abaixo a relação com todos os vencedores:

Melhor Espetáculo Rio de Janeiro
“A Gaiola”

Melhor Espetáculo Niterói
“Um Conto de Fado Padrinho”

Texto
Pedro Kosovski por “Tão Tão”

Direção
Duda Maia por “A Gaiola”

Atriz
Julia Stockler por “Tão Tão”

Ator
Marcio Nascimento por “Casa Caramujo”

Cenário
João Modé por “A Gaiola”

Figurino
Lídia Kosovski por “Tão Tão”

Iluminação
Poliana Pinheiro e Rodrigo Belay por “Por que nem Todos os Dias são Dias de Sol?”

Música – Direção musical
Marcello Sader por “Um conto de Fado Padrinho”

Produção
“Tra-lá-lá”

Menção Honrosa
Bando de Palhaços pelo espetáculo “JOGO”
Cia Vivá de Dança pelo espetáculo “Pé de Cachimbo”
Bruno Dante e Márcio Nascimento pela confecção e manipulação do espetáculo “Por que nem Todos os Dias são Dias de Sol?”

Prêmio Especial
Lucia Cerrone (JB), Mânia Milena (O Globo) e Ricardo Brito (Prêmio Coca Cola de Teatro infantil)

Homenagem Especial
Suely Franco

PUBLICIDADE