Perfis: em cartaz com ‘Rapsódia’, Mau Alves diz que peça foi a mais marcante e também o maior fracasso; assista

Do Rio Encena

Mau Alves é ator, autor e diretor de “Rapsódia” Foto: Divulgação

Pode o trabalho mais marcante da carreira de um profissional ser também o seu maior fracasso? No caso de Mau Alves, a resposta é “sim”! Em cartaz no Teatro Serrador, no Centro, com “Rapsódia – O Musical”, o ator, que também assina o texto e a direção, garante que este é o espetáculo mais marcante dos seus 15 anos de artes cênicas ao mesmo tempo em que também pode ser considerado um grande fiasco. Antes de uma apresentações, ele aproveitou enquanto se maquiava para falar com a RIO ENCENA TV (se inscreva aqui), para o quadro Perfis, e explicou o porquê desta ambiguidade.

Esta, na verdade, é a segunda vez que Mau Alves e a Cerejeira Produções estão levando “Rapsódia”, uma espécie de musical gótico, aos palcos. Na primeira, no ano de 2013, ele admite que faltou experiência para levantar a montagem, que acabou não obtendo o resultado esperado. No vídeo abaixo, o ator explica melhor tal evolução e fala ainda sobre outras questões ligadas à sua carreira e ao teatro. Confira:

 

 

PUBLICIDADE