‘Perdoa-me por me Traíres’, de Nelson Rodrigues, ganha nova montagem na Casa de Cultura Laura Alvim

Do Rio Encena

O numeroso elenco do espetáculo é composto por nove atores Foto: Divulgação

Com direito a ninfeta, um tio inescrupuloso, prostitutas e outros tantos elementos tipicamente rodrigueanos, “Perdoa-me por me Traíres”, de Nelson Rodrigues (1912-1980), estreia no próximo dia 04, às 21h, na Casa de Cultura Laura Alvim, em Ipanema. Com direção de Daniel Herz, a montagem se soma a inúmerasversões que também já encenaram o texto, como, por exemplo, uma da Cia. Teatral Casa dos Azulejos, de 2013, e uma outra no ano em que a obra foi escrita, em 1957, quando o próprio autor interpretou um dos papéis principais, o tio Raul.

Este personagem, aliás, é o ponto de partida desta tragédia de costumes. Depois de matar a cunhada infiel, ele passa a espreitar descaradamente a filha dela, Glorinha, uma jovem de 16 anos. O argumento dele para tal comportamento inconveniente é “preservar a castidade” da menina órfã.

Acuada pelo tio, Glorinha, através de uma amiga prostituta, acaba sendo apresentada a uma cafetina e ao universo dos bordéis. Sempre por perto, Raul descobre que ela está se prostituindo e promete revelar segredos sobre sua origem. O que o tio não imagina, no entanto, é que a esta altura, a garota já está tramando uma grande vingança contra ele.