“Os Realistas” tem cenário e elenco excelentes

Péricles Vanzella

Péricles Vanzella

32 anos, é doutor em Artes Cênicas pela Unirio, ator, sapateador e cantor.

Em cartaz no Teatro Poeira, “Os Realistas” é peça inédita do norte-americano Will Eno no Brasil. Com excelentes atores no elenco e um cenário caprichado, o espetáculo é programa obrigatório no circuito carioca.

O texto narra as reflexões de dois casais de vizinhos em uma cidade de interior. Um casal que mora lá há tempos, e outro que acaba de se mudar. Se conhecem e, juntos, conversam sobre vida, relacionamento, felicidade, morte, etc.

O cenário de Daniela Thomas e Camila Schmidt é formado por um pano de fundo que simula uma floresta e toras suspensas, como troncos de árvores, que dão um aspecto tridimensional à ambientação. É muito bem feito! Temos continuamente a impressão de estar no meio de um bosque, bem bucólico.

Os figurinos de Ticiana Passos são (sem trocadilhos) realistas e contextualizam bem as diferentes situações pelas quais passam os casais.

A iluminação de Beto Bruel é o que possibilita o efeito produzido pelo cenário, a tridimensionalidade. Tem inserções mais realistas também, como se os próprios atores estivessem acendendo as luzes de suas casas, quintais, etc.

Deborah Bloch, Mariana Lima, Emilio de Mello e Fernando Eiras estão irrepreensíveis! Nada de surpreendente em se tratando destes quatro atores, mas não podia deixar de ser mencionado.

“Os Realistas” é uma conversa sobre o sentido da vida e dos relacionamentos que assumimos e construímos. Imperdível como reflexão e mesmo como diversão, pois existem inúmeras passagens hilárias!

Um abraço e até a próxima!
Perguntas, dúvidas, críticas e sugestões, escreva para pericles.vanzella@rioencena.com.br.

PUBLICIDADE