‘O Lago dos Cisnes’, solo infantil com Juliana Martins, chega ao Imperator para curta temporada

Do Rio Encena

Juliana Martins atua como a Princesa Odette Foto: Janderson Pires/Divulgação

O Centro Cultural João Nogueira, o popular Imperator, no Méier, recebe nesse fim de semana a temporada de estreia do solo infantil “O Lago dos Cisnes”, inspirado no balé original em quatro atos composto em 1897 pelo russo Tchaikovscky (1840-1893), a pedido do balé Bolshoi. Com texto de Daniel Porto, a peça, protagonizada por Juliana Martins e dirigido por Alexandre Lino, entra em cartaz no sábado (21), às 16h, seguindo só até 05/08, com sessões também aos domingos, no mesmo horário.

Na trama, que propõe reflexões sobre amor e relações humanas, Juliana vive Odette, princesa que é transformada em cisne por um feiticeiro que queria se casar com ela e tomar o seu reino. Condenada por esta maldição, Odette só terá chance de quebrá-la se conhecer alguém que lhe jurar amor eterno.

Primeira produção do projeto Solo para Crianças, “O Lago dos Cisnes” tem a ideia de apresentar aos pequenos importantes obras do universo erudito em formato de solos curtos, reaproximando deste público uma cultura considerada quase esquecida e pouco difundida no Brasil.

Com o desafio do primeiro monólogo em mais de 30 anos de carreira, Juliana atua num cenário de contornos sutis e delicados misturando dança, música e teatro físico.

— Nunca tinha passado por um processo desta forma, que exige um preparo físico muito grande. Tem sido transformador  — comenta.

Além de Tchaikovscky, o projeto, que tem curadoria e direção artística de Lino, pretende trabalhar ainda com outros grandes nomes da arte erudita como Chopin, Beethoven e Vivaldi.

PUBLICIDADE