Nova peça de Daniel Herz estreia no Laura Alvim falando de ‘luta por sobrevivência’ e emigração na sociedade atual

Do Rio Encena

Roberta Brisson (E), Clarissa Pinheiro, Carol Santaroni e Tiago Herz em cena Foto: Dalton Valério/Divulgação

A constante luta do homem por melhores condições de vida, na qual cogita-se até deixar as próprias origens, é o ponto central de “Isso que Você Chama de Lugar”, espetáculo que realiza sua primeira temporada a partir dessa sexta-feira (07), às 20h, no teatro principal da Casa de Cultura Laura Alvim, em Ipanema. Este é o mais novo projeto de Daniel Herz, diretor e idealizador da montagem, que ainda assina o texto num processo coletivo junto com os atores Carol Santaroni, Clarissa Pinheiro, Roberta Brisson e Tiago Herz.

Os atores, aliás, não se comunicam entre si no palco. Na verdade, eles levam à cena quatro histórias diferentes, mas que acabam se encontrando por tratarem de uma constante luta do ser humano por aquilo que ele enxerga como sobrevivência. Em cada um destas histórias, personagens se encontram em momentos cruciais precisando tomar uma decisão que pode mudar suas vidas.

O diretor Daniel Herz Foto: PH Costa/Divulgação

— Tive essa ideia das histórias simultâneas a partir da reflexão sobre o lugar em que cada um se situa a cada tempo. Ter um elenco tão talentoso e confiante neste formato faz do desafio uma aventura deliciosa — observa Daniel, que completa 37 anos de carreira em 2019.

Tais decisões a serem tomadas (ou não) pelos personagens giram em torno da questão do fluxo emigratório dos brasileiros para outros países em busca de estabilidade financeira, realização profissional e novos encontros amorosos.

— É possível ter um projeto de vida potente dentro do nosso país ou a única saída é o aeroporto? Nunca tivemos tantas pessoas “navegando” por essa dúvida — questiona o diretor, analisando ainda qual foi seu maior desafio no processo de montagem: — Foi encontrar o equilíbrio entre as dinâmicas cênicas e o fôlego do público para conseguir acompanhar as quatro histórias ao mesmo tempo. A plateia tem que “aceitar” o desconforto inicial e depois se deleitar com a potência de conseguir se envolver com a situação limite de cada personagem.

“Isso que Você Chama de Lugar” segue no Laura Alvim somente até o próximo dia 30 com apresentações também aos sábados, no mesmo horário das 20h, e domingos, às 19h. A entrada sai a R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia).

PUBLICIDADE