‘Não Peça’, solo sobre a teatralidade do homem, chega ao Centro Cultural Justiça Federal para uma curta temporada

Do Rio Encena

Lucília de Assis atua e tabém assina o textoFoto: Divulgação

Existe uma espécie de porção teatral em cada um de nós seres humanos? É esta questão que o monólogo “Não Peça” leva ao palco do Centro Cultural Justiça Federal, na Cinelândia, a partir do próximo fim de semana. Protagonizado e escrito por Lucília de Assis, e com direção de Bianca Byington, o espetáculo estreia na sexta-feira (23), às 19h e segue em cartaz somente até 11 de março, com sessões também sábados e domingos, no mesmo horário, e entradas a partir de R$ 15 (meia).

Em cena, Lucília dá vida a Jandira, que trabalha num teatro como faxineira, bilheteira e baleira. Certo dia, entretanto, ela se vê obrigada a realizar outra função: subir ao palco – aonde ia apenas para fazer faxina – e segurar o público enquanto o elenco da peça em cartaz se livra de um engarrafamento.

Com a experiência de quem já assistira a inúmeras montagens, mas ainda assim sem nenhuma formação artística, ela começa a contar algumas de suas histórias e acaba até recebendo seus primeiros – e talvez únicos – aplausos. Enquanto se apresenta como Jandira, uma mulher sem qualquer bagagem de atriz, para uma plateia de verdade, Lucília busca tocar na tal teatralidade do humano.

PUBLICIDADE