Morre no Rio de Janeiro a atriz Tereza Rachel, aos 82 anos

Do Rio Encena

Tereza Rachel2

Tereza Rachel fez mais de 20 novelas Foto: João Miguel Júnior/TV Globo/Divulgação

A atriz Tereza Rachel faleceu no último sábado (02/04), mas a família confirmou o óbito apenas na manhã desta segunda-feira. Segundo o Jornal Extra, ela, que estava com 82 anos, estava internada desde o último dia 30 de dezembro no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital São Lucas, em Copacabana. De acordo com informações do próprio hospital, ela teve um quadro agudo de obstrução intestinal que se agravou nos últimos dias.

Teresinha Brandwain de la Sierra afirmava ter nascido em 19 de agosto de 1935 em Nilópolis, na Baixada Fluminense. Entretanto, o registro do Hospital São Lucas aponta 10 de março de 1934 como a data de nascimento da atriz.

Depois de fazer o curso da Escola de Teatro Martins pena, estreou profissionalmente no teatro em 1952 com a peça “Os Elefantes”, de Aurimar Rocha. De lá para cá, fez cerca de 28 espetáculos. O último foi “Um Bonde Chamado Desejo”, de Tennessee Williams.

Em 1972, Tereza Rachel inaugurou um teatro em Copacabana que levava seu nome. Depois ser alugado por alguns anos, foi reinaugurado em 2012 como Theatro Net Rio, mas com a maior sala, com capacidade para 622 pessoas, ainda batizada em homenagem à atriz.

No cinema, Tereza Rachel trabalhou em aproximadamente 11 filmes, como por exemplo, “Sol sobre a Lama”(1963) e “A Volta do Filho Pródigo” (1978), entre outros. Já na televisão, foram mais de 20 novelas. “O Rebu” (1974), “Que Rei Sou eu?” (1989) e “A Próxima Vítima” (1995), todas da TV Globo, foram algumas de maior repercussão. O último trabalho de Tereza na telinha foi “Babilônia”, em 2015.