Morre a atriz Eloísa Mafalda, aos 93 anos

Do Rio Encena

A atriz faleceu em sua residência, em Petrópolis Foto: Basílio Calazans/Divulgação

Faleceu na noite desta quarta-feira (16) a atriz Eloísa Mafalda, aos 93 anos. A veterana artista, nascida em Jundiaí, no interior de São Paulo, morreu em sua casa em Petrópolis, Região Serrana do Rio de Janeiro. A causa do óbito, porém, ainda não foi confirmada. Já o velório e o sepultamento devem ser realizados em sua cidade natal, nesta quinta ou na sexta.

Depois de trabalhar como costureira e auxiliar de escritório nas Emissoras Associadas, Mafalda Theotto, nascida em 18 de setembro de 1924, começou na Rádio Nacional em 1950 fazendo radionovelas antes de ir para a TV Paulista. Aliás, foi na telinha que Eloísa Mafalda teve maior destaque na carreira, com mais de 40 trabalhos, entre novelas e séries. Entre os personagens de maior destaque, estão a Dona Nenê, na primeira versão de “A Grande Família” (1972), a Dona Pombinha Abelha, de “Roque Santeiro” (1985) e a Manuela do remake de “Mulheres de Areia” (1993). Sua última aparição na TV foi em 2002, com a novela “O Beijo do Vampiro”.

Já no teatro e no cinema, sua trajetória foi mais curta. Segundo registros, nos palcos, a atriz compôs os elencos dos espetáculos “O Morro dos Ventos Uivantes” (1965), “O Ministro e a Vedete” (1974) e “Lá em Casa, é Tudo Doido” (1978). Nas telonas, foram cerca de cinco longas, como “Os Mansos” (1973), “O Ibraim do Subúrbio” (1976) e “Simão, o Fantasma Trapalhão” (1998).

 

PUBLICIDADE