Marcelo Serrado leva ‘Os Vilões de Shakespeare’ para curta temporada na Cidade das Artes

Do Rio Encena

Marcelo Serrado interpreta personagens como Ricardo III, Coriolano, Iago, Hamlet Foto: Divulgação

Ricardo III, Coriolano, Iago, Hamlet são personagens que possuem três pontos em comum: ficaram mundialmente conhecidos por suas maldades; foram criados por Willian Shakespeare (1582-1616); e estão na peça “Os Vilões de Shakespeare”, que inicia uma nova e curtíssima temporada (só até 30/07) na Cidade das Artes, na Barra, neste sábado (22), às 21h. Dirigido por Sérgio Módena e protagonizado por Marcelo Serrado, o monólogo é uma adaptação de Geraldo Carneiro, mais novo imortal da Academia Brasileira de Letras, para a obra original do inglês Steven Berkoff.

– É muito interessante pra um ator representar vários vilões. É onde estão os arquétipos, o dissimulado, tirano, vingativo… Essa colcha de retalhos é genial – vibra Serrado.

Com um olhar bem humorado, o espetáculo tem a proposta de investigar o que torna os vilões tão atraentes para estudantes das artes cênicas e também para o público em geral. E é claro que características clássicas de personagens desta natureza como disputa pelo poder e ambição descontrolada não ficam de fora.

– Uma ideia maravilhosa a do Steven. A gente apenas transpôs as reflexões para o contexto do teatro brasileiro – explica Geraldo Carneiro, que já traduziu seis peças do Bardo inglês.

Já o texto estreou em 1998, na Inglaterra, sendo protagonizado pelo próprio autor. A montagem foi indicada ao prêmio The Society Laurence Olivier Award, de Londres, como melhor espetáculo, e ganhou o prêmio americano de teatro LA Weekly para Solo Performance, em 2000.