‘Luiz e Nazinha’ é excelente espetáculo e ainda apresenta Luiz Gonzaga para as crianças

Péricles Vanzella

Péricles Vanzella

30 anos, é doutorando em Artes Cênicas pela Unirio, ator, sapateador e cantor.

Parte do projeto “Grandes músicos para pequenos”, “Luiz e Nazinha – Luiz Gonzaga Para Crianças”, em cartaz no Teatro Dulcina, no Centro, traz uma história encantadora e muito bem contada sobre a descoberta do amor na infância de Luiz Gonzaga, toda permeada por músicas célebres do compositor.

Tão difícil de ver nos musicais atuais, as músicas não surgem de graça, elas se encaixam perfeitamente no correr da história; caem como uma luva! Quando vemos, mais um sucesso de Luiz Gonzaga está sendo cantado, como se o texto de Pedro Henrique Lopes tivesse sido elaborado em torno dela!

Pedro Henrique Lopes e Aline Carrocino encarnam Luiz e Nazinha. Carismáticos, engraçados, são os perfeitos protagonistas: levam a história sem deixar o ritmo da peça cair em nenhum momento. Fica a cargo de Martina Blink e Sergio Somene colorir a narrativa, com personagens hilários e marcantes como a dona da venda (Martina) e os pais de Nazinha e Luiz Gonzaga (Sérgio), igualmente engraçados e completamente diferentes entre si. Quatro atores em perfeita sintonia.

Tiro aqui meu chapéu para a produtora Entre Entretenimento pelo belíssimo projeto de apresentar grandes compositores nacionais para crianças. E não só pela ideia, mas pela execução: música e cena se encaixam. Com toda a justificativa que poderiam ter para preterir cena à música (afinal, quem iria criticar o destaque à obra de Luiz Gonzaga, Braguinha e cia?), Pedro Henrique Lopes, Diego Morais e Guilherme Borges (diretor musical do espetáculo) operam o casamento perfeito entre enredo e números musicais, o verdadeiro significado de “teatro musical”, onde os dois conceitos se enlaçam. Imperdível!

Um abraço e até domingo que vem!
Dúvidas, críticas e sugestões, envie para pericles.vanzella@rioencena.com.br.

PUBLICIDADE