LTDA.

Foto: Ricardo Borges/Divulgação

Local: Teatro Glaucio Gill
Endereço: Praça Cardeal Arco Verde, S/N – Copacabana.
Telefone: (21) 2547-7003
Sessões: Quarta e quinta às 21h
Período: 11/07 a 02/08
Elenco: Brisa Rodrigues, Mônica Bittencourt, Leandro Soares, Lucas Lacerda e Orlando Caldeira
Direção: Debora Lamm
Texto: Diogo Liberano
Classificação: 14 anos
Entrada: R$ 40 (inteira); R$ 20 (meia)
Funcionamento da bilheteria: Não informado
Gênero: Drama
Duração: 60 minutos
Capacidade: 90 lugares
Sinopse: Segundo publicação recente da Associação Nacional de Editores de Revistas – ANER, “as pessoas estão confusas por receberem grande quantidade de notícias falsas. Sejam impressas, online, no celular ou em vídeo”. Para discutir o tema, o autor Diogo Liberano criou uma trama que se desenrola em um edifício empresarial no centro do Rio de Janeiro, onde um jovem recém-formado em jornalismo aguarda ansioso para a sua primeira entrevista de emprego. A empresa, que aparenta ser uma agência de jornalismo, aos poucos revela seus reais propósitos. Uma das antigas funcionárias, aquela que recebe o futuro novo empregado, manifesta o motivo de ainda estar ali: ela pretende ser demitida para, finalmente, abrir o seu próprio negócio. Na sala dos sócios fundadores da empresa, o rapaz é entrevistado e o serviço é exposto de maneira clara e inconfundível: “você será (bem) pago para inventar e divulgar notícias com o objetivo de expandir o mercado das empresas que contratam nossos serviços”. Porém, nada é assim tão simples e, pouco a pouco, a empresa vai ruindo porque as mentiras não são produtos apenas para os clientes, são também a engrenagem através da qual essa empresa funciona. É ano de eleição no Brasil: a situação se agrava quando uma famosa figura pública, aspirante à presidência, compra os serviços da empresa. O que aconteceria se toda e qualquer verdade inventada virasse um fato?

* Segundo informações do teatro e/ou da produção do espetáculo

PUBLICIDADE