‘Leréias’, solo inspirado em livro de Valdomiro Silveira, faz curtíssima temporada na Cidade das Artes

Do Rio Encena

Jandir atua acompanhado pelo músico Antonio Porto Fotos: Juliana Vinagre/Divulgação

Quem ainda não conhece Valdomiro Silveira (1837-1941) terá uma bela oportunidade a partir desse fim de semana. No sábado (24), às 19h, estreia na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca, “Lerérias”, monólogo homônimo ao livro preferido do próprio autor paulista – nascido onde hoje fica o município de Cachoeira Paulista – cuja essência caipira e interiorana tornou-se a marca registrada de sua obra – que inclui ainda os livros “Os Caboclos”, “Nas Serras e nas Furnas” e  “Mixuangos”.

Valdomiro Silveira

Dirigido por Caio de Andrade, o ator Jandir Ferrari, em meio a uma atmosfera intimista, entra em cena para interpretar quatro personagens presentes em “Leréias – Histórias Contadas por Eles Mesmos” – publicado de maneira póstuma em 1945. São eles protagonistas de histórias fortes e surpreendentes ocorridas no interior paulista e narradas nos contos Pedaço de Cumbersa, Força Escondida, Na Folha-Larga e Do Pala Aberto.

Além de Jandir Ferrari, está no palco também o instrumentista, compositor e diretor musical Antonio Porto. Operando diferentes instrumentos, o músico ajuda a costurar as histórias de Valdomiro executando ao vivo composições originais suas criadas exclusivamente para o espetáculo.

Entretanto, o espectador que quiser saber um pouco mais do universo valdomiriano, precisará se apressar, já que a temporada será curtíssima na Cidade das Artes. Além da estreia no dia 24, serão apenas mais três apresentações: 25/11, 01/12 e 02/12.

O ator interpreta histórias protagonizadas por personagens interioranos

PUBLICIDADE