LAURA

Foto: Divulgação

Local: Sala Municipal Baden Powell
Endereço: Avenida Nossa Senhora de Copacabana, Nº 360 – Copacabana.
Telefone: (21) 2548-0421
Sessões: Sábado, domingo e segunda às 19h
Período: 04/08 a 27/08
Elenco: Fabricio Moser
Direção: Fabricio Moser
Texto: Fabricio Moser
Classificação: 16 anos
Entrada: R$ 40 (inteira); R$ 20 (meia)
Funcionamento da bilheteria: Não informado
Gênero: Solo autobiofráfico
Duração: 80 minutos
Capacidade: 40 lugares
Sinopse: Baseada em objetos, lembranças e fotografias familiares, entrevistas e registros em vídeo, arquivos e objetos reais, “Laura” parte da personagem título da peça, que foi morta em 1982, no meio da rua, por um desafeto amoroso de apelido ‘Candoca’, que em seguida, se suicidou. Fabricio, seu neto, que nasceu em 1981, tinha nove meses na época da tragédia e não pode conviver com a avó materna. O trauma ocasionado pela forma como Laura morreu provocou o afastamento da sua figura do convívio familiar e sobre a sua história de vida se estabeleceu um vazio e raras lembranças. Residindo no Rio de Janeiro desde 2009 e após a morte dos seus pais em um acidente trágico em 2014, Fabricio decidiu criar a peça. Partindo dessa experiência e da pergunta ancestral “o que das avós há em nós?”, a dramaturgia da encenação surge do jogo afetivo do artista, de familiares, de outros artistas e do público, em meio aos diversos rastros de um passado comum. Através de dispositivos dramáticos e coreográficos, performáticos e visuais, os elementos documentais que sustentam a peça são revelados com o público, que também se torna um protagonista da obra, na medida em que pode narrar suas tragédias, compartilhar um café com os presentes ou deixar mensagens para as avós junto a centena de outras que foram escritas e que compõem o cenário.

* Segundo informações do teatro e/ou da produção do espetáculo

PUBLICIDADE