Infantil ‘Por quê???’ estreia no Teatro Ipanema questionando restrições de comportamentos de crianças

Do Rio Encena

O elenco posa ao lado dos kurokos, ajudantes análogos aos contrarregras Foto: Julio Ricardo/Divulgação

O infantil “Por quê???” estreia nesse sábado (11), às 16h, no Teatro Ipanema, discutindo os limites comportamentais impostos, ao longo do tempo, pela sociedade às crianças. Questões como “super-herói é coisa de menino” ou “meninas devem brincar com bonecas”, por exemplo, são abordadas pela peça escrita por Diana Herzog – responsável também pela direção – que se inspirou no livro “Para Educar Crianças Feministas – um manifesto”, da autora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie.

A trama é protagonizada por duas meninas, Chizalum e Nora, e um menino, Tomás, que estão cheios de questionamentos sobre os comportamentos pré-determinados pela cultura.  Juntos, eles acham uma carta voadora e, em seguida, acabam iniciando uma jornada em busca de uma existência livre e igualitária, na qual descobrirão a importância de suas respectivas forças e fraquezas.

— O capitalismo e a necessidade de vender tornaram as ‘caixas’ do que é ‘de menino’ e do que é ‘de menina’ mais delimitadas que nunca, porém, a maioria das crianças não se enquadra nessas caixas, no que é imposto de cima para baixo. O objetivo dessa peça é levar representatividade a essas crianças e mostrar que tudo que elas têm de diferente é, justamente, o que elas têm de riqueza. A natureza individual de uma criança não pode ser reprimida por preconceitos reproduzidos social e culturalmente — explica Diana Herzog, que começou a trabalhar com temas sociais no teatro com o “Projeto Nora”, que apresentava a personagem-título como um símbolo feminista atemporal.

Além do elenco formado por Aline Borges, Noêmia Oliveira, Joana Lerner e Breno Motta, “Por quê???” conta ainda com dois kurokos, ajudantes análogos aos contrarregras que, vestidos de preto (uma inspiração no tradicional teatro japonês), compõem as cenas.

PUBLICIDADE