Infantil ‘Cururu: o Sapo Jururu’ realiza curta temporada na Casa de Espanha

Do Rio Encena

Boa parte do figurino do espetáculo é feito com material reciclável Foto: Kiev-Jornal Expresso/Divulgação

Papais e mamães que não conseguirem levar seus filhos ao teatro neste Dia das Crianças (12), não se preocupem. O fim de semana vem aí trazendo outros espetáculos infantis. Por exemplo, a fábula “Cururu: o Sapo Jururu”, que estreia no sábado (14), às 17h30, na Casa de Espanha, no Humaitá, onde fica apenas até o próximo dia 29, com sessões também aos domingos, no mesmo horário. A entrada custa a partir de R$ 20 (meia).

Com direção e adaptação de Julio Luz, a partir da obra homônima da autora Tatiana Alves, o espetáculo é encenado por sete atores que contam a história do sapo Cururu. Ao conhecer a lua, o anfíbio se encanta com sua beleza e se apaixona por ela. No entanto, após ser rejeitado, ele descobre o segredo que envolve sua amada e decide lutar para dar fim à tristeza dela.

Ao tratar de temas como amor e solidariedade, a trama busca referências em lendas do folclore popular, como a lenda do amor impossível entre Sol e Lua; a da Festa no céu; e personagens típicos, tal qual o próprio sapo cururu.

Ainda na linha popular, a trilha sonora é recheada de ritmos brasileiros. Já o figurino é símbolo do engajamento ambiental da montagem. Boa parte do que é usado em cena é resultado de um trabalho com material reciclado, como fundo de garrafa pet e tampa de refrigerante.

PUBLICIDADE