Grupo Teatro Empório leva ‘Cidade/Abismo’, espetáculo sobre suicídio, para curta temporada na Sala Baden Powell

Do Rio Encena

O espetáculo é uma montagem do Grupo Empório de Teatro Foto: Divulgação

O Grupo Teatro Empório estreia nessa semana um espetáculo com um tema extremamente delicado. Com texto e direção de Leandro Bacellar, “Cidade/Abismo” chega à Sala Municipal Baden Powell nessa quinta-feira (02), às 20h, falando sobre suicídio. A ideia, porém, não é romantizar a questão, mas, sim, olhar para quem fica. A temporada vai somente até o próximo dia 31, com sessões também às sextas, no mesmo horário.

Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), seis pessoas, em média, são afetadas diretamente por um suicídio. Este foi apenas um dos pontos que entraram no processo de criação construído a partir de discussões, entrevistas e pesquisa teórica a respeito do tema. Participaram também deste trabalho de construção Marco André Nunes, da Aquela Cia. De Teatro, além de Miwa Yanagizawa e Liliane Rovaris, do Areas Coletivo.

Com uma dramaturgia multi-fragmentada e não cronológica, “Cidade/Abismo” apresenta diferentes situações. Entre elas, uma cantora que questiona o absurdo da própria existência; uma mulher que testemunha um corpo cair de uma ponte, mas não o vê chocar-se à superfície do mar; um atendente de uma central telefônica que recebe ligações de potenciais suicidas.

— O foco é teatralizar a queda. O abismo como interrupção, como ruptura. A cidade como responsável por quem somos e por nos impedir de ser o que desejamos. A cidade como provedora de abismos — complementa o autor e diretor.

PUBLICIDADE