Grupo Os Tapetes Contadores de Histórias sugere novo olhar sobre festas de aniversário em infantil em Ipenama

Do Rio Encena

Edison, Warley e Cadu usam objetos cênicos inusitados feitos por eles próprios Foto: Renato Mangolin/Divulgação

O grupo carioca Os Tapetes Contadores de Histórias apresenta a partir desse sábado (05), às 16h, no Teatro Candido Mendes, em Ipanema, o infantil “Presente de Aniversário”. Com atuação e texto de Cadu Cinelli, Edison Mego e Warley Goulart, a peça retrata a celebração da data de nascimento de uma pessoa mais como uma experiência afetiva coletiva, do que como um consumo descartável, como muitas vezes a publicidade e o capitalismo sugerem. A direção é de Cleiton Echeveste, da Pandorga Companhia de Teatro, convidado especialmente para esta montagem.

No palco, o trio conta quatro histórias independentes: os mitos gregos de “Deméter” e “Rei Midas”;  o conto popular americano “João Esperto leva o presente certo”; e o conto tradicional russo “Vassalissa”. Todas elas, claro, seguem a proposta da peça e também se baseiam em três pilares poéticos: o tempo, contado através das primaveras e símbolo de transformação e amadurecimento; o bolo, representação de comunhão, com o ato de preparar o alimento e reparti-lo com os outros; e o presente, gesto de ofertar algo de si para o próximo, como um pensamento, um objeto ou uma performance.

– Queremos, com este projeto, viver mais comemorações e menos atribulações por conta do dever de consumir – destaca Cadu.

Para valorizar a encenação, os artistas utilizam objetos cênicos que eles próprios confeccionaram. São eles um poncho, um pergaminho, um conjunto de caixas bordadas e um grande bolo de festa.

PUBLICIDADE