‘Gonzaguinha, O Eterno Aprendiz – O Musical’ encerra temporada no João Caetano com sessão extra

Do Rio Encena

Rogério Silvestre atua como Gonzaguinha acompanhado de cantores e músicos Foto: Divulgação

Em cartaz no Teatro João Caetano, no Centro, desde o último dia 07, o espetáculo “Gonzaguinha, o Eterno Aprendiz – O Musical” encerra sua segunda temporada carioca nesse fim de semana com um novidade. No sábado (29), será realizada uma sessão extra às 16h, totalizando assim quatro apresentações (as outras acontecem na sexta e no sábado às 19h e no domingo, 18h).

Com texto de Gildes Bezerra e direção de Breno Carvalho, a montagem é protagonizada por Rogério Silvestre, que atua acompanhado pelos cantores Bruna Moraes, Paulo Tiso (Tutuca) e Nathallie Alvin, além dos instrumentistas Rafel Toledo (guitarra, violão e voz), Alcione Ziolkowski (bateria), Júlio Melo (baixo),  Omar Fontes (teclado) e Buga Júnior (sax, flauta e cavaquinho).

Ao longo de 80 minutos, o grupo repassa parte da trajetória de Luiz Gonzaga do Nascimento Júnior, o Gonzaguinha – que no último dia 22 completaria 73 anos se vivo estivesse – e executa ao vivo 16 canções de sua obra, que misturam ritmos como xote, samba e baião. Entre elas, “Explode Coração”, “Começaria Tudo Outra Vez”, “Moleque”, “O Que é o Que é?”, “Eu Apenas Queria Que Você Soubesse”, “De Volta ao Começo” e “Palavras”, “É”, “Diga Lá, Coração”, “Espere por Mim, Morena” e “Vamos a Luta”.

Segundo a produção do espetáculo, a sessão extra desse sábado foi marcada para atender à procura do público. Ainda de acordo com os produtores, o musical já foi assistido por cerca de 5 mil pessoas em passagens por cidades como Rio de Janeiro (Sala Baden Powel), Salvador, São Paulo, Belo Horizonte, São Luís do Maranhão, Brasília, Fortaleza e Manaus.

PUBLICIDADE