‘Ghost – O musical’ estreia no Teatro Bradesco

Do Rio Encena

Andre Loddi e Giulia Nadruz interpretam os protagonistas Sam e Molly Foto: Divulgação

Das telonas para os palcos. Ganhador de dois prêmios Oscar (Atriz Coadjuvante para Whoopi Goldberg e Roteiro Original para Bruce Joel Rubin), o clássico “Ghost: do outro lado da vida” (1991) virou musical teatral e chega neste fim de semana ao Rio de Janeiro. Sexta (08), sábado (09) e domingo (10), “Ghost – O Musical” realiza sessões de pré-estreia exclusivas no Teatro Bradesco, na Barra, onde inicia a partir do dia 15 uma temporada regular.

O espetáculo fez sua estreia mundial em Manchester, na Inglaterra, em 2011. Desde então, passou por países como EUA, Itália, China e Coreia do Sul, entre outros. No Brasil, a direção geral é de José Possi Neto e a direção musical, de Paulo Nogueira. Já o texto e as letras originais são do próprio Bruce Joel.

Assim como no cinema, a trama é protagonizada por Sam e Molly, um casal que tem seu romance interrompido depois que ele morre após um suposto assalto. Sam, na verdade, é assassinado após descobrir irregularidades cometidas no trabalho por Carl, que para não ser descoberto, encomenda a morte do colega.

No entanto, a alma do protagonista segue no plano terrestre, embora não possa ser notado por ninguém. A exceção é Oda Mae, uma sensitiva picareta que acaba surpresa consigo mesma por conseguir interagir com Sam. Com a ajuda dela, Sam chega até à sua amada para alertá-la dos riscos oferecidos por Carl. No início, ela resiste, mas acaba acreditando que está na presença do ex-noivo.

Depois que eles conseguem se livrar de Carl, Sam se despede de Molly e de Oda Mae e parte, em paz, para outro plano.

Na versão teatral brasileira, os protagonistas Sam e Molly, que são vividos no cinema por Patrick Swayze (1952-2009) e Demi Moore, ficaram com Andre Loddi e Giulia Nadruz. Já a falsa vidente, que consagrou Whoopi, é interpretada por Ludmillah Anjos. Carl é o papel de Igor Miranda.