‘Essa coisa que a gente não sabe o que é, mas desconfia’ chega ao Sergio Porto tratando de questões femininas

Do Rio Encena

O espetáculo dá foco a temas ligados às mulheres Foto: Divulgação

Com uma atmosfera intimista, o espetáculo “Essa coisa que a gente não sabe o que é, mas desconfia” leva temas ligados às mulheres ao Espaço Cultural Municipal Sergio Porto, no Humaitá, a partir desse sábado (28), às 19h. Dirigida por Ignácio Adulnate, a montagem foi escrita pelas atrizes Júlia Horta, Júlia Portes e Raira Machado, num processo de criação coletiva.

A partir de uma linha de atuação que parece estar sempre calcada no improviso, o trio aborda temas bastante em voga como empoderamento feminino, assédio, machismo, igualdade de gênero, histórias da infância e política.

— Com irreverência e ironia, o espetáculo discute o lugar da mulher na sociedade atual, o que se espera delas nos dias de hoje, e as consequências que essas cobranças podem trazer, além de questionar privilégios e o machismo de forma crítica e autocrítica — explica Julia Portes.

“Essa coisa que a gente não sabe o que é, mas desconfia” segue em cartaz somente até o dia 21 de maio, com apresentações também domingos e segundas, no mesmo horário das 19h. Os ingressos custam a partir de R$ 20 (meia).

PUBLICIDADE