‘Encenada’ em dois países simultaneamente, ‘Latência’ faz curta temporada no Teatro Poeira

Do Rio Encena

Leonor Chavarría ‘contracena’ com Florencia Santángelo, no vídeo Foto: Divulgação

O site Dicio – Dicionário Online de Português, define, por extensão, o verbo “contracenar” como “representar em cena”, sem especificar, porém, que os artistas que contracenam precisam estar no mesmo palco. E é exatamente isto o que acontece com o espetáculo “Latência”, que coloca, simultaneamente, duas atrizes não apenas em palcos diferentes, como em países diferentes. Aqui no Brasil, a curta temporada acontece no Teatro Poeira, em Botafogo, entre esta quarta-feira (05) e 03/10.

Fruto de uma residência de 33 dias realizadas em Montevidéu, “Latência” é encenada pelas atrizes uruguaias Leonor Chavarría e Florencia Santángelo, respectivamente, no Teatro El Galpón, na capital uruguaia, e no Poeira. Elas interagem via um dispositivo cênico criado com câmeras e projeções ao vivo em vídeo.

Produzido em países diferentes e por artistas e profissionais brasileiros, uruguaios e chilenos, o espetáculo, que abre o Festival Iberoamericano de Teatro de Montevidéu, utiliza esta proposta de integração para falar, entre outros temas, de xenofobia. A produção se apresenta como “um jogo que põe em tensão os limites entre o real e a ficção, entre o que nos constitui e nos diferencia, entre o que nos aproxima e nos afasta”.

PUBLICIDADE