Diretor de ‘Romeu e Julieta’, Guilherme Leme Garcia explica Marisa Monte na trilha sonora e ‘Julieta negra’

Luiz Maurício Monteiro

Segundo historiadores, William Shakespeare (1564-1616) escreveu sua mais famosa história de amor entre 1591 e 1595. De lá para cá, incontáveis e distintas versões foram encenadas no teatro e no cinema. Uma delas, aliás, está em cartaz no Teatro Riachuelo Rio, no Centro. Chamam atenção em “Romeu e Julieta – Musical”, porém, algumas características bem peculiares inseridas na famosa trama dos jovens de famílias inimigas que se apaixonam.

Por exemplo, alguns dos personagens, nascidos na cidade italiana de Verona – portanto, teoricamente, brancos – são interpretados por atores negros. Inclusive Julieta! Na 22ª edição do quadro “Quem Encena”, da RIO ENCENA TV, Guilherme Leme Garcia, diretor e idealizador do projeto, explicou que quis trabalhar com a realidade e contemporaneidade do Brasil, onde o povo é mestiço.

Outro ponto especulado logo após o anúncio da peça foi a trilha sonora. Em cena, Capuletos e Montecchios cantam clássicos de Marisa Monte, como “Esqueça”, “Bem que se quis” e “Vilarejo”. Para entender melhor esta escolha, é só assistir à entrevista completa no vídeo abaixo:

PUBLICIDADE