COMO SE UM TREM PASSASSE

Foto: Patrick Gómez/Divulgação

Local: Teatro Poeira – Poeirinha
Endereço: Rua São João Batista, Nº  104 – Botafogo.
Telefone: (21) 2537-8053
Sessões: Quinta a sábado às 21h; domingo às 19h
Período: 07/03 a 26/05
Elenco: Caio Scot, Dida Camero e Manu Hashimoto
Direção: Lorena Romanin
Texto: Lorena Romanin
Classificação: 12 anos
Entrada: R$ 60 (inteira); R$ 30 (meia)
Funcionamento da bilheteria: Terça a sábado entre 15h e 21h
Gênero: Comédia dramática
Duração: 70 minutos
Capacidade: 50 lugares
Sinopse: “Como se um trem passasse” é uma comédia dramática que aborda a relação vulnerável de uma mãe e seu filho. Ele é um adolescente com uma deficiência intelectual que deseja a vida com paixão e profundidade. A mãe, superprotetora e medrosa, transmite seus medos e a impossibilidade de alcançar sonhos ao seu filho. A chegada da prima que vem da capital para passar uma temporada no interior evidencia as fissuras da situação fechada em que vivem a mãe superprotetora e o filho e irá mudar as relações na casa e abrir a possibilidade de que desejos sejam realizados.

* Segundo informações do teatro e/ou da produção do espetáculo

PUBLICIDADE