Comédia de erros ‘Em Nome do Filho’ reestreia no Teatro Candido Mendes tratando de diversidade sexual

Do Rio Encena

Dolores DelRio (C) atua e também assina o texto do espetáculo Foto: Divulgação

Em tempos em que termos como transfobia e homofobia ganham cada vez mais destaque nos noticiários devido a seguidos casos de agressão a membros da comunidade LGBTQ, falar de diversidade sexual se torna indispensável. E é exatamente esta a proposta de “Em Nome do Filho”, comédia de erros que inicia nova temporada nessa sexta-feira (17), às 20h, no Teatro Candido Mendes, em Ipanema. A montagem, que foi indicada ao Prêmio Papo Mix da Diversidade 2018, como melhor espetáculo com temática LGBTI, faz parte da Mostra Carioca Cores da Diversidade.

Com texto de Dolores DelRio, que também encabeça o elenco, o espetáculo – que está circulando pelos palcos do Rio de janeiro desde 2016, – é ambientado numa sauna gay decadente, onde acontecem encontros e desencontros. Misturando performances musicais, cômicas e sensuais e ainda buscando referências no universo do cineasta espanhol Pedro Almodóvar, a peça usa o humor para tratar de questões ligadas à diversidade sexual, mas sem deixar de dá-las a devida importância.

Com direção de Marco Miranda, “Em Nome do Filho” segue em cartaz somente até 02 de junho, com sessões também sábados e domingos, no mesmo horário das 20h, e ingressos a partir de R$ 25 (meia).

PUBLICIDADE