Com Wanderléa, musical ’60! Década de Arromba’ volta para mais uma temporada no Theatro Net Rio

Do Rio Encena

Wanderléa (C) lidera um elenco de 24 atores,/cantores/dançarinos Foto: Caio Gallucci/Divulgação

Depois de encerrar uma temporada no início deste mês em São Paulo, o musical “60! Década de Arromba – Doc. Musical” está de volta ao Rio de Janeiro, mais precisamente ao Theatro Net Rio, em Copacabana, onde estreou em novembro do ano passado. Com um elenco de 24 atores/cantores/bailarinos encabeçado pela cantora Wanderléa, que estreou no gênero aos 70 anos de idade e 50 de carreira, a montagem reestreia nesse sábado (04/11), às 20h30.

Com 200 apresentações realizadas em duas temporadas no período de um ano, “60! Década de Arromba” tem direção de Frederico Reder e texto de Marcos Nauer. A dupla leva ao palco um grande resumo dos anos 60 num formato de documentário, com fotos, vídeos e depoimentos reais, além da colaboração de luxo de Wanderléa, um dos principais nomes da Jovem Guarda, famoso movimento musical surgido naquela época.

No entanto, antes de passar a limpo a década de 60, a peça volta a 1922 para mostrar a chegada do rádio ao Brasil. Na sequência, é retratada a popularização da televisão naqueles tempos. A partir daí, começa uma sequência de 100 canções executadas ao vivo por 10 músicos. No repertório, estão clássicos nacionais como  Banho de Lua, Biquíni de Bolinha Amarelinha, Beijinho Doce e Era um Garoto que como eu Amava os Beatles e os Rollings Stones; além de internacionais como Blue Moon, La Bamba, Non Je Ne Regrette Rien e Yellow Submarine.

Outros números que chamam atenção são o de figurinos, que reúne mais de 300 modelos, e o de cenários: 20. Eles ajudam a ambientar os diferentes períodos da década de 60 e contar fatos marcantes, como a chegada do homem à lua.

Com ingressos entre R$ 25 (meia) e R$ 160, o musical fica em cartaz até março do ano que vem, com sessões de quarta a sábado às 20h30, e domingos,17h.

PUBLICIDADE