Com texto rodrigueano, monólogo ‘Myrna’ volta ao Teatro Poeira

Do Rio Encena

Nilton Bicudo interpreta Myrna,personagem criada por Nelson Rodrigues Foto:  João Caldas/Divulgação

Nilton Bicudo interpreta Myrna,personagem criada por Nelson Rodrigues Foto: João Caldas/Divulgação

O espetáculo “Myrna Sou Eu – Consultório Sentimental de Nelson Rodrigues”, com texto do próprio anjo pornográfico, retorna ao Teatro Poeira, em Botafogo, nessa terça-feira (14/06), às 21h. A montagem, que esteve em temporada na mesma sala recentemente, fala sobre amor e solidão, ressalta temas que afligem as mulheres com humor, e alguns dramas cotidianos que todas vivem.

Com direção de Elias Andreato, a montagem tem origem no período em que Nelson Rodrigues usava o codinome Myrna para assinar suas crônicas no Correio da Manhã e falar com o público feminino sobre problemas amorosos sofrido por elas. No monólogo, Myrna, interpretada por Nilton Bicudo, responde às ouvintes que escrevem para a rádio a fim de receber conselhos para suas questões amorosas.

Ao se preparar para a personagem, Nilton Bicudo buscou se desapropriar de seus preconceitos e expor sua alma feminina para passar verdade e espontaneidade. A ideia foi fazer com que a peça ficasse ora seja engraçada, ora comovente.

Nelson Rodrigues, que foi jornalista, escritor e dramaturgo, expressa com essa personagem, que não há um estereotipo definido, e que por mais que se tenha certeza de que conhecemos bem uns aos outros, cada um tem suas inquietações e segredos. Como ele próprio dizia, “se cada um soubesse o que o outro faz dentro de quatro paredes, ninguém se cumprimentava”.