Com Silvia Pfeifer, comédia ‘Além do que os Nossos Olhos Registram’ fala do universo feminino no Fashion Mall

Do Rio Encena

Karen Coehlo, Silvia Pfeifer e Raquel Penner dividem o palco no espetáculo Foto: Divulgação

Avó, filha e neta, ou seja, três mulheres de gerações diferentes e com visões distintas de temas como família, classes sociais e racismo. Estas são as protagonistas da comédia dramática “Além do que os Nossos Olhos Registram”, que estreia nesse sábado(01), às 21h, no Teatro Fashion Mall, tratando das particularidades do universo feminino. As personagens em cena são interpretadas por Raquel Penner, Karen Coelho e Silvia Pfeifer, que está de volta ao Brasil após mais de seis meses gravando a novela portuguesa “Ouro Verde”, do canal TVI.

Dirigido por Fernando Philbert, o espetáculo foi escrito por Fernando Duarte, que começou a pensar no texto em 2015, quando conversou com uma amiga que tinha uma relação conflituosa com a mãe. Assim, ele pensou em levar para os palcos, de maneira emocional, os altos e baixos das relações femininas, a partir das personalidades peculiares de três mulheres de uma mesma família.

A avó Delfina (Silvia) leva uma vida dinâmica e independente e é livre de preconceitos; a filha Violeta (Raquel) é divertida, mas ardilosa, e gosta de viver de aparências, inclusive com um casamento de fachada; a neta Sofia (Karen) tem um olhar apurado para o universo feminino e, por ter um convívio difícil com a mãe, é bastante apegada à avó.

— Não interessa que você, mulher, não tenha muitas amigas, nem more em uma grande metrópole, mas você já deu boas gargalhadas com as amigas falando sobre assuntos corriqueiros, sobre sua vida sexual, já se sentiu insegura em um relacionamento, já falou sobre o tamanho dos membros masculinos, já contou suas experiências sexuais, já tentou viver novas experiências, já sonhou com um príncipe encantado, já gastou mais do que podia em um sapato ou um vestido dos sonhos. Não é fácil para nenhuma das protagonistas, mas a peça apresenta soluções interessantes que poderiam ser aplicadas no dia a dia de qualquer um — acrescenta.

PUBLICIDADE