Com referências a diversos clássicos infantis, solo ‘Feiona, a Princesa Lindona’ estreia temporada em Niterói

Do Rio Encena

A atriz Márcia Braga é a idealizadora do projeto Fotos: zero8onze/Divulgação

“A Bela Adormecida”, “Branca de Neve”, “Frozen”, “Peter Pan”, “Pinóquio”… Diversos contos infantis, muitos mundialmente conhecidos através dos Estúdios Disney e dos lendários Irmãos Grimm, são a matéria prima do solo infantil “Feiona, a Princesa Lindona”, que chega ao Espaço Cultural Correios Niterói na próxima sexta-feira (08), às 11h, para sua temporada de estreia. Os ingressos custam a partir de R$ 15 (meia).

Quase xará da Fiona, esposa do ogro Shrek (animação de 2001 da Dreamworks), a Feiona do título é uma princesa atípica. Ou seja, nada convencional em relação a tantas outras dos contos e fábulas conhecidos pelo público mirim – e por papais e mamães também, por quê não?

Protagonizado por Márcia Braga, idealizadora do projeto, o monólogo infantil mistura as tais famosas histórias a códigos contemporâneos para os pequenos para mostrar os preparativos da festa de aniversário da pouco popular protagonista, cuja história nunca foi contada em livros ou filmes. Ás vésperas da data tão especial, ela deseja convidar para a festa suas primas Branca, Aurora, Bela e Rapunzel, além dos amigos Pinóquio, Olaf e Peter.

— “Feiona” surgiu no meu trabalho voluntário que faço com as crianças no Inca (Instituto Nacional do Câncer). Toda quarta-feira, vamos a grupos de voluntários para levar um pouco de diversão para elas — conta Márcia.

A personagem Feiona surgiu no trabalho voluntário que Márcia faz com crianças do Inca

A atriz, aliás, conta com a parceria de outros profissionais experientes no teatro infantil. Responsável pela direção, Daniel Dias da Silva já esteve à frente dos espetáculos “O Gato de Botas – O Musical” e “O Boi da Cara Preta – O Musical”. Já o autor Daniel Porto já escreveu os textos de “O Duende Rumpelstiltskin”, “As Aventuras de Pinóquio” e  “O Lago dos Cisnes”.

PUBLICIDADE