Com nudez no palco e pai e filho contracenando, ‘Senhora dos Afogados’, de Nelson Rodrigues, estreia no Teatro XP

Do Rio Encena

Todos os atores do elenco vivem todos os personagens da trama Fotos: Carol Beiriz/Divulgação

Direto de uma temporada bem sucedida em São Paulo para o Teatro XP Investimentos, no Leblon, “Senhora dos Afogados”, texto de Nelson Rodrigues (1912-1980) de 1947, estreia em palcos cariocas nessa sexta-feira (05), às 21h. O espetáculo carrega ares de tragédia grega – fazendo parte da saga mítica rodrigueana, como definiu o crítico Sábato Magaldi (1927-2016) – e apresenta elementos típicos do autor, inclusive nudez, representada na atuação de Alexia Deschamps.

A atriz compõe um elenco dirigido por Jorge Farjalla (diretor também “Doroteia”, outro texto de Nelson), que conta ainda com nomes como Letícia Birkheuer (idealizadora do projeto) e João e Rafael Vitti, pai e filho que estão contracenando no teatro pela primeira vez. Todos os atores interpretam todos os personagens.

A trama se desdobra em situações distintas. Enquanto os Drummond, uma família de três séculos onde as mulheres se orgulham de uma fidelidade conjugal,  são destroçados com a morte de uma criança, um grupo de prostitutas do cais do porto cessam suas atividades para lamentar a impunidade na morte de uma antiga companheira, assassinada 19 anos antes.

Alexia entre João (E) e Rafael, pai e filho que contracenam pela primeira vez

A partir destes cenários, Farjalla procura dar uma atmosfera contemporânea à encenação e destacar o aspecto religioso, no qual o sagrado se alimenta do profano. O diretor dá ainda a sua visão particular e original ao texto lançando mão de signos e símbolos, além do cenário, do figurino, de um desenho de luz e uma trilha sonora composta exclusivamente para a montagem.

PUBLICIDADE