Com depoimentos verídicos, peça encena drama de mães de prematuros no Teatro Café Pequeno

Do Rio Encena

O espetáculo é baseado em depoimentos verídicos Foto: Stephany Lopez/Divulgação

A Cia. Cerne estreia nessa sexta-feira (04), às 20h, no Teatro Café Pequeno, no Leblon, o espetáculo “Mães de UTI”.  Como o título já sugere, o drama, construído a partir de relatos verídicos, relata histórias de mães de bebês com prematuridade extrema, ou seja, que nasceram antes dos seis meses de gestação. A temporada vai somente até o próximo dia 27, com sessões também sábados e domingos, no mesmo horário, e entradas a partir de R$ 15 (meia).

Dirigidos por Vinicius Baião, que também assina o texto, os atores Leandro Fazolla, Higor Nery e Gabriela Estolano encenam as dores, as angústias e alegrias que milhares de mulheres passam diariamente. Além disso “Mães de UTI” se insere na tradição do teatro documentário, onde fatos, dados e documentos reais ganham roupagem cênica

A montagem, a terceira da Cia. Cerne, faz parte projeto do Programa Territórios Culturais RJ / Favela Criativa, da Secretaria de Estado de Cultura em parceria com a Light e a Agência Nacional de Energia Elétrica e pretende dar atenção a um tema tão cotidiano, mas pouco debatido perante a população.

PUBLICIDADE