‘Cauby! Cauby! – Uma Lembran√ßa’,com Diogo Vilela, realiza curta temporada no Imperator

Do Rio Encena

Vilela (C) já havia estrelado outra peça sobre Cauby em 2006 Foto: Dalton Valério/Divulgação

Depois de encerrar neste fim de semana sua temporada de estreia no Teatro Municipal Carlos Gomes, no Centro, “Cauby! Cauby! – Uma Lembran√ßa” j√° se prepara para engatar mais uma s√©rie de apresenta√ß√Ķes no Rio de Janeiro. Com ingressos a partir de R$ 35 (meia), o musical reestreia nessa sexta-feira (16), √†s 16h, no Imperator – o Centro Cultural Municipal Jo√£o Nogueira – no M√©ier, onde fica somente at√© 01/04, com apresenta√ß√Ķes tamb√©m aos s√°bados √†s 20h e domingos, √†s 19h.

O espet√°culo √© uma vers√£o repaginada de “Cauby! Cauby!”, que estreou em 2006. O protagonista Diogo Vilela e o autor Flavio Marinho voltam a dividir a dire√ß√£o, mas desta vez com o objetivo de ir al√©m de uma tradicional homenagem, procurando mostra o Cauby Peixoto Barros por tr√°s do cantor de sucesso, uma das vozes mais conhecidas do pa√≠s.

Entre 2014 e 2016, Vilela, hoje com 60 anos, tentou reestrear ‚ÄúCauby! Cauby!‚ÄĚ, para homenagear o int√©rprete de “Concei√ß√£o” ainda em vida, mas n√£o conseguiu por falta de incentivo financeiro. Por√©m, antes de falecer em 2016, aos 85, o pr√≥prio Cauby deu ao ator o est√≠mulo de que precisava. Ap√≥s um show seu em S√£o Paulo, ele encontrou Vilela e o presenteou com o CD ‚ÄúCauby 55 anos‚ÄĚ, que continha, segundo o pr√≥prio, as m√ļsicas que mais gostou de cantar ao longo de quase 70 anos de carreira. Nascia ali, ent√£o, “Cauby! Cauby! – Uma Lembran√ßa”.

PUBLICIDADE