Ator Umberto Magnani morre aos 75 anos no Rio de Janeiro

Do Rio Encena

O ator sofreu um AVE na última segunda, quando completou 75 anos Foto: TV Globo/Divulgação

O ator sofreu um AVE na última segunda Foto: TV Globo/Divulgação

Após sofrer um Acidente Vasculhar Encefálico (AVE) na última segunda-feira 25/04), dia em que completou 75 anos, o ator Umberto Magnani faleceu na manhã desta quarta (27), no Rio de Janeiro. Ele estava internado no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, onde chegou a passar por uma cirurgia. Umberto passou mal enquanto gravava cenas da novela “Velho Chico” (Rede Globo”, na qual interpretava o Padre Romão. Ele será substituído por Carlos Vereza.

Natural de Santa Cruz do Rio Pardo, no interior paulista, Umberto Magnani começou no teatro em 1965 quando entrou para o curso de interpretação da Escola de Arte Dramática (EAD), em São Paulo. Doze anos depois, fez seu primeiro trabalho de destaque nos palcos: “O Santo Inquérito”, de Dias Gomes. Já em 1981, voltou a brilhar ao faturar o Troféu Mambembe e o Prêmio Molière na categoria melhor ator por “Lua de Cetim”, de Alcides Nogueira.

Em 51 anos de carreira, Magnani atuou em mais de 40 peças. Algumas das mais recentes foram “Uma Vida no Teatro” (2002), de David Mamet, e “Loucos por Amor” (2008), de Sam Shepard. Já na TV foram cerca de 30 trabalhos, entre novelas e séries.