Aptr alega falta de pagamento da prefeitura e confirma cancelamento da campanha Teatro Para Todos em 2017

Do Rio Encena

(Divulgação)

As péssimas expectativas que vinham sendo alimentadas nas últimas semanas foram confirmadas nesta quinta-feira (23). Através da página oficial da Teatro Para Todos no Facebook, a Aptr (Associação dos Produtores de Teatro do Rio), administradora da campanha, oficializou que a edição deste ano, a de número 15, não será realizada. Na nota, os organizadores, que em postagens anteriores já vinham temendo este desfecho, justificam o cancelamento porque a Prefeitura do Rio não teria repassado uma verba prometida. O RIO ENCENA entrou em contato com a Secretaria Municipal de Cultura (SMC), mas não recebeu um retorno até o fechamento desta matéria.

Parte do calendário teatral carioca desde 2003, a Teatro Para Todos beneficia tanto o público, principalmente o menos favorecido economicamente, quanto a classe artística. A campanha oferece ao espectador a oportunidade de assistir a espetáculos – inclusive superproduções, cujos ingressos chegam aos três dígitos – por valores promocionais, na maioria das vezes até abaixo da meia-entrada. E por ser realizada sempre no fim o ano, a campanha é importante também por estimular a ida do público ao teatro nos meses de novembro e dezembro, quando as peças costumam ter plateias esvaziadas devido às festas e viagens comuns no período.

Ainda de acordo com a Aptr, a prefeitura, considerada a principal colaboradora da Teatro Para Todos atualmente, deixou de fazer o pagamento pela primeira vez depois de sete anos. Com esse investimento em 2016, a campanha disponibilizou mais de 45 mil bilhetes entre R$ 5 e R$ 40 para cerca de 40 espetáculos participantes.

Confira a nota da Teatro Para Todos na Íntegra abaixo: