‘A Invenção do Amor’ brinca com a evolução das relações amorosas em duas sessões no Teatro Eduardo Kraichete

Do Rio Encena

“A Invenção do Amor” marca a primeira vez que Maria Clara Gueiros e Guilherme Piva contracenaram Foto: Lucio Luna/Divulgação

Teria a relação entre o homem e seus sentimentos mudado muito desde a idade da pedra até hoje? É com a resposta para essa pergunta devaneante que a comédia “A Invenção do Amor” volta a brincar nesse fim de semana. Com texto da dupla Alessandro Marson e Thereza Falcão, e direção de Marcello Vale, o espetáculo, que trata da evolução das relações amorosas, realiza duas sessões no Teatro Eduardo Kraichete, em Niterói: no sábado (14), às 21h, e no domingo (15), às 20h. Confira o serviço completo no fim da página.

Na trama da comédia, que estreou em 2016, Guilherme Piva e Maria Clara Gueiros – que contracenaram pela primeira vez nesta peça – formam um casal inusitado: um Homo sapiens e uma mulher de Neandertal, duas espécies distintas, mas que chegaram a coexistir, segundo especialistas. Por fazer parte de uma espécie com um cérebro privilegiado, ele passa os dias inventando coisas cotidianas.

Certo dia, porém, durante uma crise de ciúmes, ele inventa o amor e leva o casal pré-histórico a se antecipar no tempo, passando por situações que viriam a ser vividas por suas gerações seguidas.

SERVIÇO

Local: Teatro Eduardo Kraichete
Endereço: Avenida Roberto Silveira, Nº123 – Niterói.
Telefone: (21) 2610-3902
Sessões: Sábado (14) às 21h; domingo (15) às 20h
Elenco: Maria Clara Gueiros e Guilherme Piva
Direção: Marcello Vale
Texto: Alessandro Marson e Thereza Falcão
Classificação: 12 anos
Entrada: R$ 70 (inteira); R$ 35 (meia)
Funcionamento da bilheteria: Não informado
Gênero: Comédia
Duração: 75 minutos
Capacidade: 330 lugares

* Segundo informações do teatro e/ou da produção do espetáculo

PUBLICIDADE