‘A grande questão’, despista Cirillo Luna sobre inocência de suspeito de pedofilia em ‘O Princípio de Arquimedes’

Luiz Maurício Monteiro

Um professor de natação infantil tem um gesto de carinho com um de seus alunos e acaba desencadeando uma série de acusações, suspeitas e conflitos. Mas, a final, teria alguma culpa ou segunda intenção este profissional? Para saber, só mesmo assistindo ao espetáculo “O Princípio de Arquimedes”, já que em entrevista ao quadro “Quem Encena”, da RIO ENCENA TV, Cirillo Luna, intérprete do protagonista, e o diretor Daniel Dias da Silva não quiseram abrir o jogo.

— Esta é a grande questão da peça (risos). Realmente, não posso informar isso… Tivemos uma apresentação para algumas ONGs, e o Dani falou que a peça é quase um suspense policial. A gente vai aos pouquinhos revelando algumas coisas sobre o que esse personagem poderia ter feito ou não — despista Cirillo, ganhando o complemento de Daniel: — E (o público) fazendo seu próprio julgamento, que é o grande lance do espetáculo.

Embora não tenha revelado se o professor tem culpa no caso ou não, Daniel Dias da Silva topou falar um pouco mais sobre a trama e o texto do catalão Josep Maria Miró, já que coube a ele também a tarefa de adaptá-lo. Confira a entrevista completa no vídeo abaixo:

PUBLICIDADE